Instrumentos de guerra de Deus

Vocês sabem que a palavra de Deus diz clararamente que somos o que pensamos que somos, agora nos sermos o que nós pensamos que somos, é porque nós pensamos desta maneira. Mas Deus fala claramente algo muito importante para Israel e nós podemos pegar pra nós. Mas porque que Deus declara isto pra Israel e também pra nós como igreja? PORQUE ELE TEM UM OBJETIVO.

Isaías 41.10
“Por isso não tema, pois estou com você;
Não tenha medo, pois sou o seu Deus;
Eu o fortalecerei e o ajudarei;
Eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa”
            
Porque temos uma tendência de ser religiosos. A nossa tendência na verdade é buscar uma igreja por causa de religião, porque ainda não temos um conceito na nossa mente que Deus não está envolvido com religião, Deus está envolvido com vida. Quando Ele chama Israel como povo escolhido dele, Ele não os chamou para terem uma religião, foram chamados como nação.
Mas pra quê isso ? Pra que eles tivessem um estilo de vida e esse estilo de vida mostrassem às nações do mundo quem era Deus.
Na verdade Israel foi levantado como uma nação de sacerdotes, aonde eles ensinariam às outras nações a adorar o Deus verdadeiro pra que tirassem as outras nações do engano, do paganismo e etc… Então Ele não chamou Israel para uma religião, Ele chamou para um estilo de vida. Daí com a vinda de Jesus nasce a igreja, a mesma coisa foi feita, agora ele pega todas as nações e todos os povos, ou melhor, gente de todas as nações e de todos os povos pra formar a igreja, e formando a igreja ele monta um grupo de pessoas não para formar uma religião. Ai que está a grande confusão mental que fazemos, é que nós nascemos e desde pequenininhos ouvimos uma palavra: IGREJA, e o que te lembra quando se diz igreja ? Te lembra um prédio. Até o conceito “Estou indo à igreja” está errado, na verdade seria: Estou indo ao templo, não estou indo à igreja. Porque a igreja do original grego de onde vem esse nome é EKLÉSIA e este na verdade significa “Assembléia dos afastados”, que na verdade serviam como assembléia, o exemplo de hoje seria a câmara dos vereadores, então não tem nada a ver com religião Eklésia. Igreja não tem nada a ver com religião. Tudo isso está em um conceito de vida. O que Deus quer tirar da tua mente é exatamente esse conceito de religião, que você faz algo por causa de religião. Pôr você em um conceito de que a tua vida tem que estar os princípios de Deus, porque Deus não é uma religião. Deus é uma pessoa, e Ele te chamou para dentro da família Dele. É como se o pastor de uma igreja chegasse à uma ovelha e dissesse: “Quero convidar vocês para morarem na minha casa”. O que essa pessoa teria que se adequar na casa do pastor? -Aos horários, -às condições, -às práticas, -a alimentação, -os costumes. Na verdade o que Deus fez com você foi exatamente isso. Ele não te chamou pra uma religião, Ele chamou: VEM MORAR NA MINHA CASA, NO MEU REINO, só que meu reino funciona desta maneira. Então quando aceitamos Jesus como Senhor e Salvador, é como se ganhássemos a chave do reino de Deus, porém essa chave inclui responsabilidades, e isso não entra em nossa cabeça porque desde pequenos somos ensinados a ter uma religião e não compreendemos o conceito do que Deus quer.
Deus não quer que você tenha uma religião, quer que você tenha um estilo de vida que é bem diferente. Quando diz na palavra de Deus em Mateus 28.18
E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. 
O que Jesus está falando? 
Jesus fala o seguinte: Toda autoridade me foi dada no céu e na terra e agora eu pego vocês igreja. Estava falando para os apóstolos, patriarcas da igreja diferente dos patriarcas de Israel (Temos doze patriarcas de Israel, mas agora ele levanta doze patriarcas da igreja) porque o conceito de Deus é paternal, ele cria paternidade, ele cria na verdade o que ? FAMÍLIA.
Pode-se notar que tudo que aprendemos na verdade é um conceito errado, porque tudo nos leva sempre para a parte religiosa e não para a vida vivida. Daí Ele levanta os apóstolos que são os patriarcas da igreja, que quer dizer: Estou levantando estes doze homens que vão dirigir vocês movidos pelo Espírito Santo e o estilo de vida de vocês vai mudar, vocês não vão viver como viviam antes. Vocês agora têm um estilo de vida, tem um modelo diferente, porque eles e o modelo de vida deles agora está baseado no modelo de vida de Jesus.  Então Jesus é o novo formato e modelo de vida para nós. O que Jesus viveu é o que nós temos que viver. Ele veio mostrar como homem como se vivia e como se podia viver, e a dimensão da vida que nós podíamos ter, que vai além de uma vida natural.
Então quando Jesus chama de Eklésia e Ele dá toda autoridade a igreja no céu e na terra e diz Ide ( que no português está ide mas no original é indo) o que ele está dizendo ? Na tua vida, no processo da tua vida, no dia-a-dia teu, faça discípulos. Então agora ele mostra o estilo da igreja, Ele diz “Vocês não vão viver sozinhos”, vocês vão ser discipulados e serão discipuladores, isto é, vão ser  filhos e pais. Então o Senhor veio dando os modelos de vida.
 Mas o que nos leva a viver em outro estilo de vida? Exatamente a confusão que nós temos na mente por não conhecermos a palavra de Deus, ou por lermos a palavra e não discernirmos, ou lermos a palavra e não termos a revelação. Se você ler a palavra sem revelação no máximo você poderá conhecer o cordeiro de Deus, mas a palavra com revelação você vai conhecer o Leão da Tribo de Judá, há uma diferença.  Palavra de Deus sem revelação você conhecerá só o Salvador, palavra de Deus com revelação você vai conhecer o Rei dos Reis o Leão da Tribo de Judá, então quer dizer, você vai conhecer o poder, vai conhecer a unção, vai conhecer quem você é , e  vai saber quem você é, pois a maioria das pessoas que estão na igreja não sabem quem são  porque só vão nos cultos e estão só em busca de suprir necessidades,  e Deus diz que não precisamos buscar, porque Ele é que vai suprir.
Primeiro ele diz:  “Não temás”.
Quantas vezes na bíblia estão escrito não temás? 365 vezes, é um para cada dia.
Não temás para o dia 1° de janeiro, não temás dia 20 de janeiro, não temás todos os dias de dezembro, não temás, não temás, não temás, porque “Eu sou contigo”.  Ele não diz assim, “Eu Sou teu Deus”, diz “Estou contigo não te assombres porque Eu Sou o Teu Deus”, quer dizer, primeiro Ele fala da dimensão pessoal  “Eu estou contigo”, e agora por causa das coisas maiores que nos causam assombro Ele diz: Por causa disso eu sou o Teu Deus, Eu te fortaleço, Eu te ajudo e te sustento com a destra da minha justiça; eis que envergonhados e confundidos serão todos os que se indignaram contra ti, tornar-se-ão em nada; e os que contenderem contigo perecerão; buscá-los-ás porém não os acharás; e os que pelejarem contigo tornar-se-ão em nada; Pois Eu o Senhor Teu Deus te tomo pela tua mão direita e te digo não temás Eu te ajudo.
Aqui está uma dimensão tremenda, quando Ele diz: Te pego pela mão direita,  grande parte do ser humano é destro e confia na sua mão pra fazer tudo, pois Ele diz assim: Pego na tua mão direita pra que você não faça na tua força, mas dependa de mim.  Aqui está falando com Israel. Olhe só agora o que Ele fala (Vers. 14): “Não temás tu verme de Jacó, povozinho de Israel, Eu te ajudo diz o Senhor” olha que condição que Ele põe Israel. Quase nada. “Você que é insignificante”. Agora olhe para Israel:   Sete milhões de pessoas cercadas por um bilhão de inimigos e continua de pé, nem parece que estão sob ameaça.  É o que Deus está falando aqui vocês são insignificantes, mas… NÃO TEMÁS porque Eu estou contigo.
Agora observe o que o Senhor fala (Vers. 15): “Eis que farei de ti um trilho novo que tem dentes agudos, os montes trilharás e moerás; e os outeiros tornarás como a pragana, tu os pelejarás e o vento os levara;  e o redemoinho os espalhará, mas tu te alegrarás no Senhor e te gloriarás no santo de Israel ”.
A hora que ele mostra a condição de Israel, ele chama a existência o chamado de Israel, queremos trazer a existência agora qual é o teu chamado? Porque quando eu compreendo que viver com Deus é um estilo de vida e não uma religião ai eu compreendo o chamado.
Enquanto estou em uma religião não compreendo o chamado,  quem vive uma religião não tem um chamado,  porque é uma dependência total. Agora aquele que descobre que Deus é Pai e que tem que ser Pai porque é pai de nações, é  pai de gente, compreende qual é o chamado, e é isso que Deus declara em Isaías pra Israel:  Eu não estou te protegendo, não estou te cuidando, não sou tudo isso que sou na sua vida pra que você fique à toa, você tem um chamado.
E a primeira coisa que Deus fala pra Israel o que é? Para ele ser TRILHO NOVO.
O que é um trilho novo? É um novo caminho!
Sabe o que você representa nesta geração? Um novo caminho.
 A tua vida, tuas palavras, tuas atitudes, teus pensamentos, a primeira coisa que tem que ver é:  você é a opção que Deus está dando pra quem não conhece a Ele, o Trilho novo. Você é a opção para este mundo. O teu estilo de vida é um trilho novo pra você mostrar às nações. Igreja o teu estilo de vida é o trilho novo, não quer dizer que a igreja está no lugar de Israel, mas o chamado de Israel para as nações é o chamado da igreja para os seres humanos.
Fomos chamados para ser o que? TRILHO NOVO, isto é, uma nova perspectiva de vida para o mundo, porque se for pra ser igual não precisávamos estar dentro da igreja, não precisava conhecer Jesus.
E o Senhor continua “Tem dentes agudos”,
Além de você ser um trilho novo, ele te dá o que? A Fortaleza de guerreiro.
É isso que temos que entender o primeiro chamado nosso. Você como se vê?
Na verdade Deus está te transformando em uma ferramenta cortante de guerra. Quando eu entendo que eu passo a ser um instrumento na mão de Deus de guerra é que todo o inimigo do Reino passará por mim, pelejaremos e será vencido.
Nós não temos concepção de guerra porque nossa mente está tão atrofiada nas coisas naturais, que nós não entendemos que estamos em uma guerra espiritual.  Tem muita gente dentro da igreja que não acredita em Satanás, não acredita em demônio, isso dentro da igreja, imagine fora.  Aqui na cidade de Paraíso aconteceu algo interessante;  alguns jovens foram à uma festa e um deles endemoniou-se lá. Um dos jovens era desviado, porém filho de uma senhora Crente, ele logo percebeu que era demônio e falou aos demais amigos que sabia o que era preciso fazer . Então se aproximou do endemoniado e disse: “Saia do corpo dele agora em nome do Deus da minha mãe” e o demônio saiu (Em nome de Jesus sai tudo).
Mas interessante uma história verídica que me foi contada. Um pastor da Alemanha, que está fazendo missões lá, disse que foi orar na casa de uma senhora bem de idade que pertencia à uma igreja Batista. E a equipe que estava junto dele  imaginava que a senhora estava ficando louca porque ela dizia assim: “Estou vendo eles, olha lá, agora estão cutucando os cachos de uvas, olha lá, estão desparafusando os parafusos do trator”, Daí jogavam grãos de milho no chão para as galinhas e elas se assustavam e fugiam para o mato. As galinhas magras totalmente secas tendo o milho ali não comiam. Então o pastor  teve  o discernimento:  “Se está mulher é da igreja Batista, louca não é, está vendo alguma coisa”. A chácara onde morava pertencia ao filho da senhora, então perguntou à ele “Meu filho, a quanto tempo você não dizima ?” e ele perguntou Por quê ?, Porque o que sua mãe está vendo sabe como se chama? … Devorador. A senhora via os demônios e em vez de tirarem as uvas dos cachos, eles beliscavam todas as uvas e essas ficavam imprestáveis  e não se podia colher. O trator vivia quebrando,  e ele chegou para o dono  da fazenda:  Sua mãe está na igreja e você ? – Ahh estou meio desviado. “E há quanto tempo você não dizima?” -Há muito tempo.
Agora pergunto: Isto é religião? Isso é vida. Que nós não temos o discernimento e a visão espiritual.  Não é religião é vida, porque tem um princípio que diz que quando dizimamos e ofertamos repreendemos o devorador.
Então queremos transformar algo assim misticamente, na verdade o Reino não é místico, o Reino funciona como estou pregando. E quando te falo que o teu primeiro chamado é ser um “trilho novo com dentes afiados” isto é, um caminho novo de guerreiro, estou te dizendo que: Quem muda a história na face da terra não é Deus mas o instrumento de Deus na terra, e sabe quem é o instrumento de Deus na terra ? Você. Então precisamos entender que o primeiro chamado nosso é sermos instrumentos de guerra na mão de Deus. Até a equipe que estava com o pastor pediu perdão para a senhora pois na verdade todos eles é que estavam enganados, estavam cegos e ela era a única certa. Por isso que não precisa ser pentecostal ou tradicional, o importante não é o que você é, e sim o discernimento espiritual que se tem do Reino de Deus. Visão aberta, aberta para o novo de Deus, aberta para aquilo que Deus vai fazer. Não importa quantos anos você tem ”Ahh ainda sou criança”. Samuel tinha no máximo oito anos quando foi para o templo. “Ahh já sou muito velho”, se velhice fosse problema Abraão não teria filhos, não seria nunca o Pai de nações, Porque o teu espírito não é nem novo nem velho, ele não envelhece, teu espírito é o teu espírito e quando ele desencarnar continua o mesmo.
Segunda coisa muito importante, além de você ser ferramenta cortante de guerra na mão de Deus, você é a flecha que atinge o alvo, “Tu os padejarás, e o vento os levará, e o redemoinho o espalhará, mas tu te alegrarás no Senhor e te gloriarás no Santo de Israel”.
Então três chamados fortes que você tem, primeiro: caminho novo que Deus tem para terra, segundo: instrumento de guerra, e o terceiro flecha que atinge o alvo. Talvez você pense “Não sou nada” Você é TUDO ISSO! O que Deus tem preparado para você nem imagina.  Quando olho pra minha vida vejo dez anos atrás, o que aconteceu nessa década, não tinha expectativa nenhuma, mas comecei a confiar naquilo que Deus podia fazer, e é isto que temos que ver, Deus nos chama, nos separa, nos capacita, nos dá armas, Deus é que nos prepara.  Não podemos confiar em cavalos, temos que confiar em Deus porque quem nos dá a vitória é Ele. Então essa palavra de Isaías é pra você. Não Temás Eu estou contigo. Por você Ele é capaz de transformar um deserto em água. Por isso não se poder ter uma visão acanhada de quem você é. Você é o escolhido, você é o separado, você é aquele que Deus falou “Nesta geração ele vai nascer porque ele é o trilho novo, ele é o instrumento de guerra, ele é a flecha que alcança o alvo” é para isto que você nasceu, o resto é perfumaria, o resto a Bíblia fala que casamos, nos damos em casamento, fazemos isso, nos abraçamos e etc…o resto é resto. A essência da nossa existência é porque nesta geração Deus quer tocar através de você. O chamado é para mim. Na religião esperamos que alguém faça, porque alguém vai fazer, mas no Reino nós sabemos que eu vou fazer é a diferença. Porque eu sou cidadão do Reino de Deus. Israel foi chamado como uma nação e a igreja foi chamada como uma família para este tempo. Na verdade Deus está restaurando a origem daquilo que ele começou, porque quando Ele levantou um casal foi para criar uma família. A concepção da igreja ela não pode ser num templo, ela não pode ser uma denominação, não pode ser um nome, ela tem que ser um princípio de vida. Tem que ser um estilo de vida.
Que você seja essas três promessas de Deus:
  1. Um novo trilho, 
  2. Um novo caminho, 
  3. Ferramenta afiada para guerra nas mãos de Deus
Uma flecha que atinge o alvo, quer dizer, não está andando como cego. O que temos que parar e receber de Deus é exatamente não tatear como cego. Temos que ter discernimento daquilo que Deus quer atingir através de mim. O grande problema das pessoas na igreja é este, não saber para onde ir, nem o que fazer. Mas não sabem porque não possuem intimidade com Deus para ouvir Dele. Uns mais desesperados procuram os profetas, mas Deus quer falar pessoalmente com você. Ele quer te dar entendimento do por que você existe para que você atinja um alvo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *